que ele venha silencioso, calmo, andando devagar e falando baixo. que seja acompanhado por rosas, lírios, camélias, girassóis e toda a sorte de flores do mundo. que o cravo não brigue com a rosa embaixo de uma sacada. que a rua esteja limpa e que haja mais cores do que cinza. que as músicas sejam clássicas, chorinhos e roques leves, que não haja gritos, que sejam harmoniosas. que as lágrimas não venham juntas e que os tambores sejam tocados tão suavamente que quase não sejam ouvidos. que os bebês parem de chorar para vê-lo passar. que os abraços não fiquem trancados nas gavetas. que, por favor!, não haja xingamentos. que não aconteçam esbarrões, que andem todos sempre prontos para sorrir. que não falem besteiras, nem asneiras, nem palavras que não devam ser ditas. que as festas sejam todas com motivos infantis. que os elefantes comam sem ser interrompidos. que o sinal não fique vermelho porque não há carros para atrapalhar. que a raiva sempre passe mais rápido do que o esperado. que o esperado aconteça. que esteja sol. que faça um calor suave e gostoso de sentir na pele. que os beijos sejam calmos. que nunca mais haja puxões de cabelo, mordidas agressivas, beliscões e tapas na cara. que o mar seja limpo. que não aconteçam mais mortes sem razão. que os sorvetes sejam coloridos. que haja beleza em tudo o que for feito. que o amor realmente jamais acabe.

Protesto pela delicadeza - Veronica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo