A paixão testa, o amor prova. A paixão acelera, o amor retarda. A paixão repete o corpo, o amor cria o corpo. A paixão incrimina, o amor perdoa. A paixão convence, o amor dissuade. A paixão é desejo da vaidade, o amor é a vaidade do desejo. A paixão não pensa, o amor pesa. A paixão vasculha o que o amor descobre. A paixão não aceita testemunhas, o amor é testemunha. A paixão facilita o encontro, o amor dificulta. A paixão não se prepara, o amor demora para falar. A paixão começa rápido, o amor não termina.


Carpinejar



2 comentários:

  1. .

    Usando as palavras do poetinha...

    "Que não seja imortal, posto que é chama,
    mas que seja infinito enquanto dure."

    Acredito mais nisso. rsrs

    Sempre lindo tudo por aqui. Leve... suave...

    Deixo beijos e sorrisos

    .
    .

    ResponderExcluir
  2. Ai ai amiga, vc como sempre, linda!!!
    Te amo!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo