[...] Por mais que a gente caia e levante com alguma força ainda maior, veloz, temos ainda bengalas bonitas pra toda essa reabilitação, ou fisioterapia: a amizade uma da outra. Mesmo sendo diferentes ao extremo. Em gostos musicais, ou degustativos. Na dança, na festa, ou na ópera. Alguns conselhos, que sei que na sua personalidade forte, não seguirás: não acredite em tudo, nem no que ouve, muito menos no que vês. Atitudes, por mais ferinas ou bruscas, dizem muito mais do que qualquer palavra bonita, cantarolada ao pé do ouvido. Prefira a simplicidade, ao luxo. O normal, ao difícil. Sei que querer o impossível não te cansa, mas uma hora, é preciso descansar. Não se esconda em casa, e continue aproveitando toda terça, quinta, ou sábado. Quem sabe, às sextas. Não deixe de beber, mas continue como está: moderadamente. Se sinta linda, porque é isso que você é - ma-ra-vi-lho-sa. E não sou eu quem te digo, o que é melhor. É o menino da festa, o açougueiro da rua, o excecutivo de terno que agora passa. Se você se sentir deslumbrante, assim será. E por fim: não se esconda nunca. Se ache, se encontre. Nas atitudes que a sua intuição e impulsividade fazem ocorrer, ou naquilo que pensa ser o certo, mesmo que certeza nenhuma exista.

Com amor, da sua melhor amiga.

Camila Paier

Um comentário:

  1. Lindo demais amiga!!!

    "E por fim: não se esconda nunca. Se ache, se encontre. Nas atitudes que a sua intuição e impulsividade fazem ocorrer, ou naquilo que pensa ser o certo, mesmo que certeza nenhuma exista."

    Só o que posso responder é:

    "Se eu pudesse agarrar um arco-íris
    Eu o pegaria só para você
    E compartilharia com você a sua beleza
    Nos dias em que você se sentisse triste
    Se eu pudesse construir uma montanha
    Você poderia chamá-la de só sua
    Um lugar para encontrar serenidade
    Um lugar para estar sozinho
    Se eu pudesse pegar seus problemas
    Eu os jogaria no mar
    Mas todas estas coisas em que eu estou pensando
    São impossíveis para mim
    Eu não posso construir uma montanha
    Ou pegar um belo arco-íris
    Mas deixe-me ser o que eu sei de melhor
    Um amigo que está sempre por perto"

    Te amo, amiga!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo