"O amor nasce de sementes distraídas que brotam ao acaso"

A indicação do curta de hoje é uma animação: O Céu no Andar de Baixo, que conta a história de Francisco. Portador de uma doença que não o deixa fixar o pescoço, encontrou uma maneira especial de encarar a vida e desde os 12 anos de idade passa a fazer fotografias do céu. Ao longo dos anos muitas coisas apareceram em suas fotografias: nuvens com formatos diferentes, balões, aviões. Um dia, porém, uma de suas fotografias traz algo que muda sua rotina e o faz experimentar as surpresas e dores do amor. A cena da foto é acompanhada pela narração de um texto lindo!

Pra assistir é só clicar: O Céu no Andar de Baixo

3 comentários:

  1. Que curta diferente! Adorei assisti-lo e me entristeci um pouco no final, mas é uma ótima reflexão :) Ah, to seguindo o blog, adorei! <3
    Beijão, Unsaid Things

    ResponderExcluir
  2. Oi, Dinha! Que bom que gostou do blog! =D
    O final do curta também me deu um apertinho no peito, mas o texto é tão lindo...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo