Entre Aspas #4


Eu tenho cada vez mais menos respostas, mas também tenho cada vez mais menos perguntas. Disso eu não duvido mais: tenho cada vez menos certezas. E isso não me tornou insegura, não me fez perder a confiança, não me fez trancar de novo o coração. Muito pelo contrário. Quanto mais o tempo passa, eu fico menos à vontade para alimentar dores e com muito mais preguiça de sofrer. Quanto mais o tempo passa, menos faço por onde adiantar a morte, mais tento fazer por onde aproximar a vida. Os fios grisalhos da cabeleira também menina da minha alma dizem um viço que acende a vontade dos encantamentos de verdade. De verdade, entenda, é quando o encantamento realmente faz a gente sorrir. Coisas que já me importaram à beça já não me importam nem um pouco, enquanto aquilo que essencialmente sempre teve importância me importa, agora, com maior espaço e nitidez. Como deve acontecer com outros tantos aprendizes da coragem, às vezes, cansadíssima das lições e dos recursos do método pedagógico, eu recordo que a covardia, pelo menos na aparência, é bem mais fácil, bem menos trabalhosa, e, claro, bem mais egoísta, eu já estive lá com mais frequência do que ainda, às vezes, me hospedo. Mas aí, justo neste ponto, costuma acontecer algo bem bonito: também recordo de cada flor que veio à tona só porque tive coragem de cuidar da semente. Só porque eu cuidei. Só porque eu não me acovardei, mesmo que tantas vezes com todo medo do mundo.


Ana Jácomo

14 comentários:

  1. Que texto lindo!!! A coragem nos amadurecem e, ao mesmo tempo nos faz ver o mundo através de outros olhos. Quando estamos decididos a enfrentar as adversidades, sentir medo torna-se irrelevante. Mas, pra chegarmos a este ponto, temos que ter passado por muitas coisas

    ResponderExcluir
  2. wow, que lindo desabafo, usou palavras perfeitas para descrever suas mudanças!!!Parabéns!!! Continue escrevendo dessa forma! Vai longe!;)

    Beijos no ♥

    assortudas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda!
      O texto não é meu, é da Ana Jácomo! ;)

      Excluir
  3. Muito lindo o texto.
    Bjokass

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla, lindo texto, de verdade.
    Quando vejo esses textinhos me dá uma "mini depressão" pelas coisas que me acontece rs mas acho que sempre há luz, sempre há saída e nada de espaço para abalar-me com coisas pequenas \o/
    Beijos e adorei muito o texto! Inspirador!
    http://descobrindolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Muito legal o texto, muito verdadeiro. É muito realizador quando conseguimos não nos importar mais com coisas que nos magoavam antes.
    boa semana
    ;*

    www.redbehavior.com

    ResponderExcluir
  6. Eu preciso amadurecer, mas não em tdo. Coragem, é o que me falta.
    Adorei o post!

    Beijos!
    @esteffanifontes, do blog Aos Dezesseis Anos
    aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ah! Que texto lindo. *-* Gosto dessas tags, porque é sempre uma chance de conhecer escritores novos. :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Linda mensagem. Gosto deste seu cantinho do blog ^^

    Beijos, Lu
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Que linda mensagem para nossos corações, hoje eu confesso que estava precisando ouvir algo do tipo. E você ajudou bastante, e sem saber, né? rsrs



    Blog: clicandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Sabe isso é verdade, temos que ser corajosos mesmo quando pensamos não ter força, ou até mesmo fé. Amadurecer todos os dias, a cada dia, aprendemos mais e mais, amadurecemos!

    Beijos, mais beijos e abraços do Igor ~ www.7hings.com.br eeeeeei te espero lá..!


    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Hm... Interessante. Algumas palavras com sentidos aleatórios, fizeram-me ter um novo ponto de vista sobre alguns conceitos e fatos.
    Enfim, gostei. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo