Falando de... Amizade


Olá, pessoal! Sumi, eu sei. Quase um mês sem aparecer por aqui. Os afazeres da vida real têm me deixado pouco tempo livre para a blogosfera. Cada atualização é feita com carinho e cuidado, por isso preferi deixar o blog parado a postar qualquer coisa, simplesmente para não ficar desatualizado. Ainda não sei quando conseguirei retomar o ritmo de postagens, mas tentarei fazer com que o intervalo entre uma e outra não seja tão grande. Além disso, em breve tenho uma novidade que ajudará bastante nisso! ;)

Mas agora chega de blá, blá, blá e vamos ao assunto de hoje. Tenho pessoas muito especiais na minha vida, algumas mais recentes, outras desde a infância. Com elas eu aprendi muitas coisas. Aprendi que amizades de infância podem crescer junto com a gente; que a distância e a correria da vida de adulto não desfazem laços verdadeiros; que pessoas podem reaparecer na sua vida, ocupando um lugar muito mais importante do que ocupavam antes; que tem gente que você conhece por um desses acasos da vida e acaba se tornando essencial. Aprendi que falar besteira e rir sem parar pode ser um programão; que um abracinho pode ajudar a começar melhor o dia; que tem gente que fica bêbada com Coca-Cola; que sorvete de amarena faz as pessoas contarem segredos; que pessoas ranzinzas podem ser doces e engraçadas. Por tudo isso, o tópico escolhido para a coluna Falando de... de hoje é a amizade.

O Caçador de Pipas - Este romance conta a história da amizade de Amir e Hassan, dois meninos quase da mesma idade, que vivem vidas muito diferentes no Afeganistão da década de 1970. Amir é rico e bem-nascido, um pouco covarde, e sempre em busca da aprovação de seu próprio pai. Hassan, que não sabe ler nem escrever, é conhecido por coragem e bondade. Os dois, no entanto, são loucos por histórias antigas de grandes guerreiros, filmes de caubói americanos e pipas. E é justamente durante um campeonato de pipas, no inverno de 1975, que Hassan dá a Amir a chance de ser um grande homem, mas ele não enxerga sua redenção. Após desperdiçar a última chance, Amir vai para os Estados Unidos, fugindo da invasão soviética ao Afeganistão, mas vinte anos depois Hassan e a pipa azul o fazem voltar à sua terra natal para acertar contas com o passado.

O Menino do Pijama Listrado Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

O Pequeno Príncipe - Le Petit Prince, The Little Prince, El Principito, Der Kleine Prinz - em qualquer uma das mais de 150 línguas em que é publicado, causa encanto a história do piloto cujo avião cai no deserto do Saara, onde ele encontra um príncipe, "um pedacinho de gente inteiramente extraordinário" que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana em personagens como o vaidoso, capaz de ouvir apenas elogios; o acendedor de lampiões, fiel ao regulamento; o bêbado, que bebia por ter vergonha de beber; o homem de negócios que possuía as estrelas contando-as e encontrando-as em ambição inútil e desenfreada; a serpente enigmática; a flor a qual amava acima de todos os planetas.

Marley e Eu - John e Jenny eram jovens, apaixonados e estavam começando a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, "um bola de pêlo amarelo em forma de cachorro", que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos. Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava nas visitas, comia roupa do varal alheio e abocanhava tudo a que pudesse. De nada lhe valeram os tranqüilizantes receitados pelo veterinário, nem a "escola de boas maneiras", de onde, aliás, foi expulso. Mas, acima de tudo, Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional.

Meu Pé de Laranja Lima - Zezé era um rapazinho muito interessado pela vida, adorava saber e aprender coisas novas, novas palavras, palavras difíceis que o seu tio lhe ensinava. Contudo, passava a vida a fazer traquinices pela rua, a pregar partidas aos outros e muitas vezes acabava por ser castigado e repreendido pelos pais ou pelos irmãos. Todos estes fatores e o fato de não passar muito tempo com a mãe faziam com que Zezé, muitas vezes, não encontrasse na família o carinho e a ternura que qualquer criança precisa. Ao mudarem de casa, Zezé encontra no quintal da sua nova moradia um pequeno pé de laranja lima, inicialmente a idéia de ter uma árvore tão pequena não lhe agrada muito, mas à medida que este vai convivendo com a pequena árvore e ao desabafar com esta, repara que ela fala e que é capaz de conversar consigo, tornando-se assim o seu grande amigo e confidente, aquele que lhe dava todo o carinho que Zezé não recebia em casa da sua família. 

O Jardim Secreto - Um livro delicado, meigo e muito mágico. Conta a história da jovem Mary,uma menina mal-humorada e infeliz que acaba indo morar na casa de um tio seu, após o falecimento de seus pais.A casa é uma mansão nas charnecas,um lugar que ela escolhe odiar. Porém, vendo que não há outra forma e que ela terá que ficar lá, a menina decide explorar o local. Acha um velho jardim trancafiado em uma de suas explorações e decide cuidar dele com a ajuda de dois amigos. Mostra do começo ao fim o crescimento de Mary e de seus amigos.

O Atlas do Amor - Quando Jill engravida acidentalmente e é abandonada pelo namorado, ela e suas duas melhores amigas mergulham de cabeça num projeto inusitado - criar Atlas, o bebê, juntas, em meio à loucura da pós-graduação. As três se mudam então para uma casa maior e montam uma programação sem intervalos, que inclui cuidar do bebê, assistir às aulas, lecionar matérias de introdução à literatura, corrigir trabalhos e cumprir a agenda de leituras. Elas esperam que seus esforços sejam suficientes para formar uma família para Atlas, mas tudo acaba se complicando.





14 comentários:

  1. Nossa, ameei as suas escolhas. Até difícil escolher qual dos livros tem a mais bela histórias de amizade.

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. awn <3 gostei da postagem.
    eu acho meio dificil escolher um livro nesse tema xp tem tantos bons né!

    ResponderExcluir
  3. Quantas dicas de livros maravilhosas, hein?

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla,

    Que coluna legal, gostei muito! E o tema amizade então. O que seria de nós em diversos momentos se não fossem pelos anjos que surgem em nossa vida pelo acaso e se tornam pessoas essenciais. Suas escolhas de livros para ilustrar o post foram ótimas. Deles li apenas Marley e Eu, mas alguns dos demais estão em minha lista de futuras leituras.

    Abraços!

    http://milvidasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ohhh adorei!!!
    Bjs
    http://lizajoneslivros.wix.com/lizajones
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Realmente tem tempos que ficamos super atarefadas e temos que abandonar um pouquinho o blog, também estou bem enrolada aqui! Nahim...adorei a postagem. Já li Meu pé de laranja lima, Marley e eu e O menino do pijama listrada e amei...todos com ótimos exemplos de amizade.
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  7. Oie sua linda =)
    Entendo essa parte do sumiço, a vida faz isso com nós blogueiras, rs
    Gostei do teu post, das dicas, desses livros só li O caçador de Pipas e Meu Pé de laranja lima, e amei os dois!
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho muita vontade de ler O Atlas do Amor, parece ser uma história e tanto.
    Já li O Menino do Pijama Listrado e O Pequeno Príncipe.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  9. Ah, quero muito ler O menino do pijama listrado. Assisti o filme e morri chorando. rsrs
    Adorei as dicas, tinha uns que não conhecia.
    E pequeno príncipe é lindo. <3
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi minha linda, também estou sumida..e muito..rs
    A correria do dia a dia as vezes nos pega.
    Eu já li O caçador de Pipas, que aliais tem uma história linda de amizade. Li O jardim secreto, que amei também. E Marley e Eu também amo de paixão, é uma amizade mais linda ainda.
    Ótimo post..

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Amiga simplesmente eu AMEI seu post, até porque é muito bom ler livros assim que falam um pouco de amizade. Até porque a sociedade tá precisando um pouco disso, pois nem sempre a gente tem amigos que são nossos verdadeiros amigos né? E as histórias eu acho que são mais fieis do que na nosso mundo real.
    Enfim...Um que me chama muito atenção e que vejo o filme até hoje é do MARLEY e EU. Acho linda a história. Principalmente daquele filme SEMPRE AO SEU LADO....PERFEITOOOOOO....Enfim....

    Outra coisa, desculpa, mas tenho que comentar aqui, vi sua resenha de o LIVRO A IDEIA e vi que vc n curtiu tanto, mas eu AMEI...Simplesmente foi um dos melhores livros que li esse ano (risos)

    Se cuida minha linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Carla, tudo bem? Também estou na mesma. Faculdade anda comendo meu tempo e quando eu tenho um tempo livre eu só quero dormir e nada mais. rs
    Estou fazendo posts no final de semana e deixando tudo agendando para a semana e assim eu consigo manter atualizado.... ;-;

    Fiquei curiosa com a novidade. Novidades são sempre bem vindas. hihi :)

    Bom, sobre o post... morro de vontade de ler O pequeno Príncipe. Pelas frases que eu vejo na net deve ser um livro lindo. Preciso comprar urgente. hehe ♥

    Beijos!
    http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Hey
    Super adorei a lista, alguns eu ainda não li.
    Marley e Eu, tenho receio de ler, já chorei um rio com o filme hahaha

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  14. Na minha opinião o maior exemplo de inocência e amizade foi o livro "O menino do pijama listrado" Não gostei de "O Caçador de Pipas" achei que houve muito egoísmo nesse livro. Mas os livros que vc postou realmente são muito bons e expressam um valor muito grande de amizade.
    Vê se não fica tão sumida hein..rsrs
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo