Falando de... Amores proibidos


Se tem um tema que já foi explorado por autores dos mais diferentes gêneros literários e em diferentes épocas, certamente é o amor proibido. Seja por questões familiares, sociais, culturais, econômicas ou morais, muitos já foram os protagonistas que sofreram pela impossibilidade - momentânea ou não - de estarem ao lado de quem amavam. Alguns conseguiram seus finais felizes, outros não tiveram a mesma sorte. A lista de hoje traz apenas alguns exemplos dos muitos livros que abordam o tema.



Amor de perdição - Simão Botelho e Teresa estão perdidamente apaixonados, mas as suas famílias são rivais e ela está prometida a Baltasar. Quando o pai de Teresa descobre este amor, fecha-a num convento. Ao tentar ver a sua amada, Simão envolve-se numa escaramuça e mata Baltasar. Irá o amor de Simão e Teresa sobreviver às provações das tragédias que se adivinham?

Romeu e Julieta - Em Verona, na Itália, por volta de 1600, a rivalidade entre os Montecchios e os Capuletos acentua-se e os conflitos estendem-se a parentes e criados, apesar do apelo do príncipe pela paz.Num baile de máscaras na casa dos Capuletos, Romeu Montecchio conhece Julieta Capuleto.A paixão é mútua e instantânea.Ao descobrir que pertencem a famílias inimigas, os dois se desesperam.Resolvem casar-se secretamente, com a cumplicidade de frei Lourenço.No entanto, o destino desse amor seria trágico.

O primo Basílio - Durante uma viagem prolongada de seu marido, Luísa se deixa seduzir por Basílio, um primo seu que voltava a Portugal depois de uma temporada no Brasil. Imprudentes e indiscretos, os amantes acabem flagrados por Juliana, a empregada da casa, que passa a chantagear a patroa. Com o anúncio da iminente volta do marido, está armado o cenário para um caso exemplar de decadência do estilo de vida pequeno-burguês, com seus preconceitos e moralismos, seus tipos parasitários, suas relações amesquinhadas e seu frágil equilíbrio.




Feita de fumaça e osso - Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu. Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.

Proibido - Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes. Eles são irmão e irmã. Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

O morro dos ventos uivantes - Na fazenda chamada Morro dos Ventos Uivantes nasce uma paixão devastadora entre Heathcliff e Catherine, amigos de infância e cruelmente separados pelo destino. Mas a união do casal é mais forte do que qualquer tormenta: um amor proibido que deixará rastros de ira e vingança. "Meu amor por Heathcliff é como uma rocha eterna. Eu sou Heathcliff", diz a apaixonada Cathy.




Delírio - Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?

Métrica - O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Jane Eyre - Jane Eyre é uma menina órfã que vive com sua tia, a sra. Reed, e seus primos, que sempre a maltratam. Até que, cansada do convívio forçado com a sobrinha de seu falecido esposo, a mulher envia Jane a um colégio para moças, onde ela cresce e se torna professora. Com o tempo, cresce nela a vontade de expandir seus horizontes. Ela põe um anúncio no jornal em busca de trabalho como governanta. O anúncio é respondido pela senhora Fairfax, e Jane parte do colégio para trabalhar em Thornfield Hall. Lá, ela conhece seu patrão, o sr. Rochester, um homem brusco e sombrio, por quem se apaixona. Mas um grande segredo do passado se interpõe entre eles.

Lembrou de algum outro que não está na lista? Conte pra gente nos comentários! ;)


*Sinopses retiradas do Skoob.

7 comentários:

  1. Minha coluna preferidaaaa! Realmente amores proibidos rendem. Não só livros, como filmes, novelas... E pela sua lista dá pra ver que existem várias formas de abordar o assunto. Eu sou louquinha pra ler Métrica!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Adorei esse tipo de post, é demais! Espero que faça mais vezes.
    Comecei a ler O Primo Basílio, mas não cheguei a concluir :(

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  3. Olá, Carla
    Eu sou apaixonada pelo Morro dos ventos uivantes e morro de vontade de ler Jane Eyre. Esse tema realmente dá pano pra manga, de clássicos até distopias. Bjks!

    ResponderExcluir
  4. Oie...
    Amores proibidos sempre rendem boas histórias, mas, infelizmente não li nenhum dos livros mencionados. Embora seja louca pra ler "O Morro dos Ventos uivantes".
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Já li Morro dos Ventos Uivantes e me apaixonei, anotei as dicas pois todos os livros do post parecem muito bom. Já tenho Proibido, mas ainda não li. Adorei o post!!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Eu adorei a lista! Amo Amor de Perdição e O primo Basílio! E quero muito ler Jane Eyre!

    Parabéns pelo post!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Dos livros citados eu já ouvi falar de todos, mas não li nenhum. O que eu mais quero ler da lista é o Proibido, tipo, logo que eu li o titulo da postagem já me veio a mente esse livro. Eu tenho que ler este livro tão incrível e polêmico.

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo