Resenha: O céu é logo ali - Lilian Farias

Sinopse: O céu é logo ali se desenvolve em um turbilhão de sentimentos, em facetas representadas por duas personagens e o que as cercam, com desejos, sonhos, lembranças, descobertas e inquietações marcando um encontro em que histórias paralelas se unem pelo mesmo ideal- liberdade! Mas, o que é a liberdade? O que aprisionava Dolores e Clarice para que o encontro pudesse salvar suas almas encarceradas? Ao adentrarmos nos mundos distintos dessas duas jovens, mergulhamos numa profusa miscigenação de anseios, lutas, estratégias de sobrevivência. A história de duas mulheres que unidas pelo destino resolvem aflorar todo fluxo de sobrevivência do ser, do corpo, da alma, da mente, que advém quando se é permitido ser livre. Liberdade, essa, assemelhada a quem saboreia o voo das borboletas.

Que ninguém se engane pela capa fofinha, O céu é logo ali é um livro denso e diferente. Escrito de forma rebuscada, meio poética e cheio de divagações filosóficas, é uma leitura para ser feita com atenção. 

Dolores é uma mulher na casa dos trinta anos. Solteira, sem família, sem objetivos ou sonhos e que há anos trabalha em um bar. Tem de repente uma vontade muito grande de ser livre, de sair de seu casulo e voar. Clarice, ao contrário, sempre teve tudo: o namorado perfeito, pessoas ao seu redor e muitos planos. A vida das duas começa a se tornar mais parecida quando um acontecimento tira de Clarice a sua liberdade. Ambas dividem, então, a vontade de se libertar daquilo que as prende.

O livro intercala a história das duas mulheres. Em cada capítulo acompanhamos Dolores pouco a pouco deixar de lado uma vida limitada e que não a fazia feliz. Ao mesmo tempo, vemos Clarice cada vez mais presa dentro de seu próprio corpo, mas, paradoxalmente, caminhar para a liberdade tão almejada.

Lilian escreve de um jeito diferente, a narrativa não segue o usual início-desenvolvimento-fim. Pontos específicos da história de cada uma são trabalhados, não necessariamente na ordem que ocorreram. Também há espaço para a descrição de fatos relacionados aos personagens secundários. Em cada um desses pontos, a narração dos acontecimentos é mesclada com observações da autora, com os tais questionamentos meio poéticos e filosóficos através dos quais ela convida o leitor a também se questionar, se observar.

Em alguns momentos a leitura ficou confusa, pois nem sempre as histórias eram contadas em capítulos diferentes. À medida que o livro foi chegando ao fim e a trama de ambas foi se aproximando, isso foi acontecendo também na escrita. Muitas vezes a autora estava falando de uma personagem em uma linha e, na seguinte, tratava-se já da outra. Como elas não tinham contato ou relação direta, isso me incomodou um pouco ao ler, apesar de entender que há um objetivo nessa forma de narrar.

Uma coisa que acabou me chamando a atenção de forma negativa foram os erros de revisão. Encontrei vários ao longo do livro, então acho importante mencionar aqui.

O céu é logo ali fala de mudanças, transformações e liberdade. É um livro reflexivo e que nos tira de nossa zona de conforto, tanto pelos questionamentos que provoca como pela forma como foi escrito. Para entender o que a autora quis dizer é preciso estar inteiro na leitura e deixar-se levar por suas palavras. Apesar de não ter me conquistado, vi muitas opiniões positivas a respeito do livro, então recomendo para quem quer experimentar uma leitura mais madura e introspectiva.

*Livro cedido pela autora.

12 comentários:

  1. Já tive a oportunidade de ler um livro da Lilian, mas não foi esse.
    Que bom saber que você gostou, mas a leitura não me atraiu, então não sinto vontade de ler esse outro.
    Adorei seu blog, muito lindo.
    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br - Participe do Top Comentarista. O vencedor ganhará DOIS livros.

    ResponderExcluir
  2. Oi
    nem conhecia o livro, mas a história parece ser emocionante e que bom que apesar dos erros você gostou de ler o livro;

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. A capa desse livro é incrível, uma mistura de simplicidade com delicadeza que me encanta. A premissa também é muito interessante, fiquei curioso na leitura.

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carlinha

    Realmente a capa engana. Quando dei a primeira olhada pensei que se trava de um livro de poesia. Mas como vc mesma disse, o texto é um pouco poético, então a capa parece ser pertinente.
    Que pena quw vocênão curtiu tanto a leitura, mas acontece. Que pena também os erros de revisão... tomara que em uma próxima edição isso seja corrigido.
    A história me pareceu bem introspectiva mesmo, sem grandes apices... acho que não leria no momento. Quero ação! Haahhahha
    O nome da minha mãe é Clarice! :)

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ~ Participe do Concurso Cultural O Sorriso da Hiena!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Carla.
    Apesar da premissa não ser muito a minha cara, achei o livro interessante. O que mais chamou a minha atenção foi a linguagem mais poética e trabalhada.
    Talvez dê uma chance.

    Ri aqui com o perfil dos personagens. Meio caricaturados, mas ao mesmo tempo parecem formar um grupo bem divertido.
    Estou curioso para conhecer a Daniella.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de abril. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  6. Carlinha, a capa realmente engana. Eu já imaginei logo uma história toda fofinha. Já pela sinopse a gente consegue sentir que vai ser algo mais introspectivo mesmo. Pelo jeito que diz que tudo foi desenvolvido, também não sei se curtiria tanto a leitura. E erros de revisão sempre me incomodam também. Uma pena, né? Dica para as editoras ficarem mais cuidadosas!

    ResponderExcluir
  7. Olha Carla..eu me interessei muito pela história. Acho que é muito interessante..gosto de histórias que se cruzam. Mas realmente não gosto de narrativa que confunde a gente porque as ideias na cabeça do autor, nem sempre conseguimos acompanhar da forma que ele transcreve para o papel.

    Erro de revisão já achei em alguns livros, e admito que é super negativo.
    :*

    ResponderExcluir
  8. Oie
    Que pena que o livro não te conquistou. Tenho visto muitas resenhas positivas deste livro e estou bem curiosa, o enredo é interessante.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Primeiro: Que capa linda! Já me conquistou de cara.
    Adorei sua resenha, me convenceu também. A trama parece envolvente e emocionante, do tipo que coloca pra pensar. Quero esse livro. Já tô indo pro skoob hahaha

    Valeu a dica.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  10. Primeiro: Que capa linda! Já me conquistou de cara.
    Adorei sua resenha, me convenceu também. A trama parece envolvente e emocionante, do tipo que coloca pra pensar. Quero esse livro. Já tô indo pro skoob hahaha

    Valeu a dica.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  11. Olá! Adorei a capa do livro, como mencionou, ela é mesmo fofinha. Mas ao ler a resenha fiquei em duvida sobre o que, realmente, o livro trata. São histórias de vida, superação, ou teria algo mais profundo, uma história que as leva a isso? Fiquei curiosa!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lilian! O livro fala de duas mulheres que desejam a liberdade. Ele é curtinho, não tem um super desenvolvimento da história de vida de cada uma (o passado de Clarice é um pouco mais explorado), é mais focado nos sentimentos atuais delas. Mas dá pra entender através deles porque elas se sentem aprisionadas.É um livro mais introspectivo, não fica tão preso a narrar passo por passo da história. A autora foca alguns pontos e vai fazendo reflexões a respeito deles.

      Espero que tenha dado pra entender! ;)

      Excluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo