Resenha: Um dia o amor vai encontrar você - Luiza Mussnich

Sinopse: O último Natal com biscoitos de limão e beijo de boa noite dos pais; saudade com gosto de framboesa; a menina de olhos cor de poço fundo que economizava as palavras para os caderninhos que eram só seus; o amor que chegou pelo homem certo e acabou por falta de tempo para cuidar das flores. Esse é o universo pelo qual passeia o olhar da jovem escritora Luiza Mussnich. Em textos curtos, singelos e plenos de literatura, ela compartilha vislumbres de sua intimidade enquanto nos faz olhar para dentro, identificando reflexos de seus relatos em nossa própria história. Um livro que toca fundo e prepara o coração para que, um dia, o amor vá encontrar você. 

O amor encontra você no momento em que esse livro chega em suas mãos. Já no primeiro contato e em uma folheada rápida, percebe-se o capricho com que o livro foi feito: capa dura, folhas grossas e muitas fotos. Quando a leitura tem início, o leitor se depara com mais amor, de todos os tipos, em todas as idades. 


Dividido em duas partes, o livro é uma reunião de textos escritos em prosa poética. A primeira parte tem como título Amores no pé e traz textos que falam de experiências dos primeiros amores. Não o amor romântico, mas o amor pelos pais, pelos irmãos, pelos avós e até pelo azul do céu e do mar. A saudade também é tema bastante presente. Saudade dos que já partiram, saudade do irmão que foi pra longe, saudade da época em que o Natal era uma noite feliz... Saudade, enfim, do que o tempo, este implacável senhor, deixou para trás em sua ininterrupta caminhada rumo ao futuro.

"Olho o tempo transcorrido com carinho e me afasto: é porta que não posso abrir. Para saudade, não tem anestésico."
A segunda parte do livro, Amores maduros traz textos  com temas mais adultos e amores menos ingênuos, mas com a mesma delicadeza na escolha de palavras e intensidade de sentimentos dos anteriores. O desconforto em ser daminha de casamentos e ter que entrar na igreja de mãos dadas com um menino dá lugar a vontade de passar um inverno inteiro sob os lençóis ao lado de quem ama. A tristeza por uma xícara especial que se espatifou no chão é dedicada agora a um amor que chegou ao fim por falta de cuidado. 
"Você diria que urgência é mal da modernidade; contraponho: urgência é mal do amor."
Com textos curtos e linguagem simples, Um dia o amor vai encontrar você faz o leitor se identificar e recordar suas próprias experiências, relembrar seus amores e se dar conta de saudades que são só suas. Terminei o livro cheia de reflexões e com a certeza de que o amor, em suas diferentes formas, já me encontrou muitas vezes.


*Livro cedido pela Oasys Cultural.

13 comentários:

  1. Oi, Carlinhaaaa!! Um dia desses eu vi algumas fotos desse livro em outro blog e achei maravilhoso. Eu amo livros de capa dura e achei a edição belíssima. Gosto de livros que tocam a gente assim, que fazem a gente pensar e, acima de tudo, sentir. Vou anotar aqui porque com certeza vou ler. Bjks!

    ResponderExcluir
  2. Que livro lindooo! Admito que pela capa não imaginava tanto capricho, mas me conquistou, adorei mesmo! Sua resenha está ótima, aliás, bem objetiva e fofa!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Carla, tudo bem?
    Obrigada pela visita lá no Doces. Espero que volte mais vezes.
    Eu achei a premissa do livro interessante e deve ser mesmo daqueles que nos deixam reflexivas ao final. Ótima resenha.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. oi Carla! Adorei sua resenha, ficou realmente tocante e pude notar o sentimento que teve durante a leitura. A sinopse já deixou meu coração cheio de aconchego. Vai para a lista de desejos.
    Beeijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie...Carla, que saudade eu estava desse cantinho, tem tempo que não passo por aqui. Estava dando uma olhada na sua resenha e me interessei pelo livro. Embora não tenha gostado da capa :/ É bom terminar de ler um livro e vê que ele nos trouxe lembranças de alguns amores. Gostei!!!
    Bjs e prometo não sumir mais.

    livrosemarshmallows.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carlinha, tudo bem?

    Ahhhh, é sempre bom ler sobre o amor, né? E o que falar então de um livro que dedica-se somente a isso?
    Acabei de resenhar um livro que me fez dar muito mais importância ao amor! O amor é transformador!.


    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla.
    Amo livros assim, e gostei desse ser dividido em duas partes, acho que o amor na vida real é bem assim né.
    Ótima indicação.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi Carla,
    Não conhecia o livro, mas adorei o nome e como foi desenvolvido.
    Dias namorados chegando, parece ser uma ótima pedida.

    tenha uma ótima quarta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Gostei de conhecer esse livro!
    Achei interessante a resenha.
    Abraços!

    Mi
    http://meulivrodocelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Carla.
    Não gostei muito da capa, mas como você disse que a edição é bonita, acredito. Não sou muito de ler livros assim mas fiquei bastante interessada nele apesar disso. Se der eu vou ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. No primeiro paragrafo da sua resenha eu já senti o quanto o livro agradou, já senti uma onda de ternura, já senti vontade de ler. Adorei esses sentimentos!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Oi Carla, tudo bem!
    Awn, que resenha fofa! Esse livro parece ser muito amor, muito terno, muito tudo *-* Fiquei super curiosa pra ler, mesmo nunca tendo ouvido falar dele antes, hehe.

    Um beijo.
    htpp://winterbird.com.br

    ResponderExcluir
  13. O livro não me chamou a atenção pela capa, título nem pela sinopse, mas sua resenha me deixou com muita vontade de ler o livro! Adoro edições caprichadas.
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo