Tem na Netflix: A Incrível História de Adaline



Oi, galera!! Hoje vamos de filme: A Incrível História de Adaline


Sinopse: Adaline, Blake Lively, sofre um acidente de carro aos 27 anos, quando estava voltando para seu marido e sua filha numa noite de chuva - e o tempo, para ela, como num passe de mágica, simplesmente não passa mais. Ela tem uma existência solitária, nunca se permitindo ficar próxima de alguém para não ter seu segredo revelado. Mas um encontro inesperado com o carismático filantropo Ellis Jones, Michiel Huisman, acende novamente sua paixão pela vida e por romance. No entanto, o primeiro final de semana com os pais de Ellis pode ameaçar o seu segredo. Adaline toma uma decisão que pode mudar sua vida para sempre.

Data de lançamento: 19 de maio de 2015 (Brasil)
Direção: Lee Toland Krieger
Música composta por: Rob Simonsen
Narração: Hugh Ross
Roteiro: J. Mills Goodloe, Salvador Paskowitz
Elenco: Blake LivelyMichiel HuismanHarrison Ford


A atriz americana, Blake Ellender Lively, mais conhecida por interpretar a patricinha Serena van der Woodsen na série Gossip Girl, faz o papel da doce e segura Adaline, a personagem que teve sua vida congelada pelo tempo. Ela não envelhece, sobrevivendo por anos mas sempre tendo o cuidado com sua identidade e não morando na mesma cidade por muito tempo. O que nos remete à outros filmes como O Retrato de Dorian Grey e Questão de Tempo, onde o não envelhecer é uma busca seja cientificamente ou de maneiras mágicas, indecifráveis.

Além desse tema, o romance permeia todo o filme, entre cenas bem feitas e encontros amorosos do casal em lugares que nos surpreendem não pela beleza, mas pelo modo inédito e seu significado. Por exemplo, um encontro em um túnel sujo onde ele busca vestígios de um barco, ou dentro de uma usina abandonada com carros empoeirados e quando Ellis oferece flores a Adaline, ele não entrega rosas ou cravos, e sim livros com títulos de flores.


Outro ponto interessante, são as personagens femininas, sempre fortes e decididas com destaque para Adaline, sua melhor amiga, a irmã de Ellis e a mãe de Ellis, que além de guiarem sua própria vida, não são dependentes de suas vidas amorosas. Aqui quem corre atrás e sofrem são os homens, que também são românticos e bobos.

A história pode ser previsível, um conto romântico como em fábulas mas ela se diferencia pela maneira como a atriz desenvolve a personagem principal, de forma tranquila e delicada,  junto com a direção intimista e sem muito alarde sobre a juventude eterna de Adaline. E justamente por ser mostrado como uma fábula ele passa a ser misterioso e contagiante, mesmo com uma premissa absurda.

O filme é lindo, gostoso para assistir em dias turbulentos, chuvosos ou ensolarados, nas férias ou para relaxar de um dia cheio de trabalho ou estudos. A humanidade como o tema é colocado e algumas falas com humor pelo narrador fazem deste um filme memorável.

Beijos e até a próxima ! =*


8 comentários:

  1. Sempre via esse filme pelo netflix e nunca tinha prestado muita atenção. Otima dica.

    Seguindo aqui.

    Abraços.
    aressacaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Renata!

    Me interessei pelo filme, gosto de filmes assim mais leves em dias turbulentos como vc mesma falou! Valeu pela dica!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Não tinha nem ouvido falar dessa lindeza de filme.. *-*
    Saiba que hoje mesmo vou procurar no netflix.

    Adoro a Blake Lively, mas a conheci nos filmes "4 amigas e um jeans viajante" (que amo de paixão), e me encantei por ela e todas as outras 3 amigas!

    :**

    ResponderExcluir
  4. Olá, Renata.
    Agora que tenho NetFlix estou em esbaldando e gostei bastante da dica do filme. Vou assistir assim que der.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem? Gostei bastante da dica, o filme parece ser ótimo. Vou tentar assisti-lo em breve!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Oie...
    Não conhecia o filme, mas, fiquei louca pra assistir! Histórias previsíveis são até legais para relaxar ;)
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Carla!!!
    Como eu nunca ouvi falar desse filme??? Estou mesmo fora da órbita terrestre em termos de filme. Meu Deus! Vou correndo ali assistir.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. O protagonista é extremamente elegante. Juventude, (não tão) divino tesouro, você não acha? The Age of Adaline é um filme com um bom acabamento técnico e com grande atenção sendo uma fita elegante. O filme convence o espectador desde o início. Irradia um certo magnetismo para essa aparência muito refinada, a narração (voice-over) que vamos introdução na história e vamos desvendar esses dados científicos necessários. Tudo isso forma um produto para consumo fácil, sem pretensões, mas é divertido e saboroso para ver. Teremos que prestar atenção para ver se a atriz Blake Lively tem mais chance de mostrar algo mais do que um sorriso.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo