Falando de... bibliotecas


Ah, as bibliotecas... Tem aquelas imponentes, cheias de andares e mobília clássica. Tem também as mais simples, de tamanho bem menor e com estantes metálicas. E as particulares? Acho que o sonho de consumo de muitos leitores é poder ter em casa uma biblioteca para chamar de sua. 

Lugar onde o silêncio impera e no qual os únicos barulhos devem vir das histórias contidas nos livros ali guardados. Dentro de uma biblioteca, convivem fantasia, magia, romances, aventura, ação, comédia... Variadas assim são também as histórias que têm este lugar como cenário ou parte da trama, como mostra a lista de hoje.


A bibliotecária - A jovem Regina Finch acaba de chegar a Manhattan para trabalhar na Biblioteca Pública de Nova York. Mas o que parecia ser a promessa de uma rotina tranquila em meio a clássicos da literatura logo se revela um irresistível jogo de sedução quando ela conhece o envolvente Sebastian Barnes, investidor da instituição e um dos homens mais cobiçados da cidade, que fica obcecado pela beleza da bibliotecária. A até então ingênua Regina se entrega a um crescente e selvagem desejo que parece consumi-la mais a cada dia, uma paixão que despertará na jovem sensações jamais imaginadas. 

Fuga da biblioteca do Sr. Lemoncello - Nesta eletrizante aventura rodeada de livros, Kyle é um dos doze convidados para passar uma noite na biblioteca do famoso e excêntrico Luigi Lemoncello. Quando amanhece, no entanto, todas as portas estão trancadas! Agora Kyle e as outras crianças terão que solucionar cada pista e decifrar as charadas para encontrar a saída! Será que você consegue descobrir como escapar da biblioteca?

Um corpo na biblioteca - O corpo de uma jovem é encontrado no tapete da biblioteca dos Bantry, às sete da manhã. A vítima é uma completa desconhecida e o casal Bantry decide chamar as autoridades para investigar o caso — e também, é claro, Miss Marple, detetive amadora e amiga da sra. Bantry.Tudo se complica ainda mais quando chega até eles a notícia de outra adolescente morta, carbonizada dentro de um carro incendiado em uma pedreira. Qual será a possível conexão entre os dois incidentes?



A biblioteca mágica de Bibbi Bokken - Nils tem doze anos e acaba de voltar das férias escolares de verão, passadas em companhia de sua prima Berit, na cidade de Fjærland, interior da Noruega. Para não deixar de se falar, os dois decidem escrever um diário e remetê-lo de uma cidade a outra pelo correio. Já de início, porém, parece haver algo de misterioso no diário de Nils e Berit. Ao comprá-lo numa livraria, Nils conhece uma mulher estranha, alguém que ele e Berit haviam visto de passagem durante as férias. A mulher faz questão de ajudar Nils a comprar o diário - uma esquisitice que ele não deixa de contar à prima já em sua primeira "carta". Em Fjærland, Berit se põe a segui-la. Diante da casa da mulher, Berit "furta" um pequeno envelope da caixa de correio. Dentro, encontra uma carta vinda da Itália, endereçada a uma certa Bibbi, que menciona um sebo em Roma. O estabelecimento guardaria não apenas livros raros, mas também livros ainda não escritos. E um desses livros se refere a uma certa "biblioteca mágica". Toda essa história Berit conta a Nils em sua primeira carta. A aventura mal começou, mas o leitor já se vê mergulhado num grande mistério. Quem é Bibbi e que biblioteca mágica é essa? É um caso para os pequenos detetives Nils e Berit investigarem a fundo - e tudo aquilo de que o leitor precisa para se divertir pelas páginas restantes. Em A Biblioteca Mágica de Bibbi Bokken, o grande herói é o livro e sua história, numa trama cheia de suspense e aventura. 

A bibliotecária de Auschwitz - Muitas histórias do horror e sofrimento testemunhados dentro dos campos de concentração nazistas são contadas e recontadas, já estão gravadas e arquivadas. É difícil, nesses relatos, encontrar atos de esperança e força diante de todo o mal registrado durante o Holocausto. 'A Bibliotecária de Auschwitz' é um livro diferente. É uma história verdadeira e cheia de detalhes a respeito de um professor judeu, Fredy Hirsh, que criou uma escola secreta dentro do bloco 31, no campo de concentração de Auschwitz, dedicando-se a lecionar para cerca de 500 crianças. Criou também uma biblioteca de poucos volumes com a ajuda de Dita Dorachova, uma menina judia de 14 anos que se arriscava para manter viva a esperança trazida pelo conhecimento e escondia os livros embaixo do vestido. É um registro de uma época sofrida da História, mas que também mostra a coragem de pessoas que não se renderam ao terror e se mantiveram firmes usando os livros como "arma".

Matilda - Matilda adorava ler. Passava horas na biblioteca, lendo um livro atrás do outro. Mas, quanto mais ela lia e aprendia, mais aumentava seus problemas. Os pais viam televisão o tempo todo e achavam muito estranho uma menina gostar tanto de ler. A diretora da escola achava Matilda uma fingida, pois ela não acreditava que uma criança tão nova pudesse saber tantas coisas. Depois de mil peripécias, em que tentou se livrar da tirania dos pais e da diretora, Matilda acabou encontrando a compreensão de uma professora, srta. Mel, com quem foi morar.



S. - Um livro. Dois leitores. Uma jovem encontra numa biblioteca um livro com anotações de um estranho. As margens repletas de observações revelam um leitor inebriado pela história e pelo misterioso autor da obra. Ela responde os comentários e devolve o livro, que o estranho volta a pegar. Ele é Eric, ela é Jennifer, e o inesperado diálogo dos dois os faz mergulhar no desconhecido. É esse velho exemplar típico de biblioteca - consultado, anotado, manuseado - intitulado O Navio de Teseu, de V. M. Straka, que o leitor encontrará dentro da caixa preta e selada de S. S. está longe de ser um livro convencional. A obra conecta ao menos quatro histórias, que se desdobram ao mesmo tempo, embora não necessariamente em ordem cronológica. É um livro-jogo, que oferece várias possibilidades de leitura e instiga o leitor a decifrar os mistérios, códigos e pistas contidos em toda a obra. Seja nas notas, nas margens ou nos outros itens da caixa, há sempre algo além do que se vê aguardando para ser descoberto.

A biblioteca perdida - Emily Wess está prestes a ver sua vida mudar drasticamente. Numa hora, ela é uma pacata professora de história, sonhando com grandes descobertas e uma vida de aventuras ao melhor estilo Indiana Jones, seu herói da infância. Na outra, está embarcando em uma viagem ao redor do mundo, atrás de pistas deixadas por seu mentor, Arno Holmstrand. Pistas estas que a levarão a uma descoberta que não se igualava a nenhuma outra que ela pudesse imaginar: a localização da biblioteca perdida de Alexandria. Durante sete séculos, ela abrigou o maior patrimônio cultural e científico de toda a Antiguidade. O mundo julgava esse tesouro perdido, mas as evidências levam Emily a questionar a história. Agora, ela inicia uma corrida contra o tempo para impedir que o paradeiro da Biblioteca caia nas mãos erradas. À primeira vista, o livro pode parecer um thriller de conspiração aos moldes de O código Da Vinci, mas ele é mais do isso. Ele evoca a emoção de ler os clássicos da literatura de aventura como as histórias escritas por Enid Blyton e Robert Louis Stevenson. Conduz o leitor pelo exótico e romântico Oriente dos heróis intrépidos de Agatha Christie. E o autor, A. M. Dean, ele próprio um historiador, inspirado pelo fascínio que as conspirações exercem na humanidade, levanta a possibilidade de que a famosa Biblioteca de Alexandria tenha de fato sobrevivido. As pistas para desvendar esse mistério estão todas neste livro.

O livro secreto - Ao fim da vida, Elias Ein decide se mudar para uma cidade isolada na Áustria, em busca de tranquilidade para aproveitar sua aposentadoria. Um tempo depois de se instalar em sua nova casa, ele descobre uma escada escondida que dá acesso a uma vasta biblioteca com obras incríveis. E entre elas, Elias descobre algo maravilhoso: o Grande Livro da Vida, uma obra sagrada em que Deus escreveu sobre o destino de cada ser humano. As citações extraordinárias do livro secreto possibilitam interferir no curso da história. Fascinado pelo poder da obra, Elias, que testemunhou a ascensão do nazismo ao poder e perdeu familiares durante o Holocausto, decide usá-la para mudar o destino. Ele vai tentar salvar aqueles que ama, mas, sabe que, acima de tudo, é o destino de todo um povo que está em jogo. Com um segredo em mãos e muitas decisões a tomar, Elias vai viver uma aventura que o levará mais longe do que podia imaginar. Uma história atemporal, cativante e sensível, que mistura elementos fantásticos e fatos históricos, O Livro Secreto fala sobre amizade e coragem, ódio e covardia.


*Sinopses retiradas do Skoob.

22 comentários:

  1. Oi, Carla!
    S é um livro que tem me chamado muita atenção, apesar de quase não ter visto ele ser falado na blogosfera.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  2. Oiii Carla, tudo bem? Bibliotecas são tão lindas não são?
    Eu aprendi a ler em uma <3
    Meu sonho é ter a minha. Quero dizer, até que já tenho livros para montar uma pequena, mas não tenho espaço :(
    Dos livros citados, não li nenhum ainda, acredita? Mas quero muito ler Mathilda, pois adoro o filme <3
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Carla!
    Bibliotecas fazem muito parte da minha vida <3
    Desses livros, eu queria muito ler o da Agatha Christie, e tenho o A biblioteca perdida, mas ainda n li.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
    Hj tem dica de série no blog ;)

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carla!
    Acredita que eu não conhecia tantos livros ambientados em bibliotecas? Adorei o post e as indicações!
    Beijos! :D
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Aaah, meu sonho é ter minha biblioteca particular também *-* imagine só, não precisaria de mais nada melhor! Eu quero muito ler o da Agatha, adoro as histórias dela e tenho alguns na minha estante :D

    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, Carla.
    Adorei a postagem.Acho que ter uma biblioteca é o sonho de todo verdadeiro amante de livros. Dos livros que você citou eu li A Bibliotecária que não gostei muito e Um corpo na biblioteca que é da minha divã Agatha. Fiquei bastante interessada em A biblioteca perdida e O livro secreto.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. oi
    legal o poste, tenho vontade de ler dois deses. eu baixei A bibliotecária de Auschwitz que estava grátis no amazon esses dias.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Carla...
    Amei essa postagem e o tema é claro.
    Tem alguns livros que gostaria de ler que estão no post.
    Sou louca por S. <3
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi Carla, que post legal! Eu quero ler A biblioteca mágica de Bibbi Bokken, Madilta, A biblioteca perdida e o Livro secreto. Todos anotados na lista de próximas leituras!

    Realmente adorei o post!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Oi Carla,
    Ainda não li nenhuma obra, mas fiquei com vontade.
    Não me lembro de ler nenhum livro com bibliotecas... Ah, 'O Doador de Memorias' foi uma delas, pior que não foi muito agradável a leitura, mas ok... Quero ler 'A Bibliotecária'!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Carla!
    Não li nenhum desses livros ainda, mas tenho vontade. Principalmente S. que é o mais desejado.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  13. Oi Carla! Eu li muitos livros de biblioteca antes de começar a comprar, na verdade dos meus 06 até os 18 fui uma assídua frequentadora. Deste livros li Um corpo da biblioteca e queria ler S.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  14. A bibliotecária de Auschwitz . Quero pra ontem esse livro.Faz um tempão que estou namorando essa história *_*
    Parece tão booooa a história! :)


    beeijão ^^
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie...
    Ahhh... Eu sonho com a minha biblioteca particular! Estarei realizada quando tiver a minha rsrs... :)
    Não li nenhum dos mencionados, mas, pretendo ler FUGA DA BIBLIOTECA..., parece ser um ótimo livro.
    Assisti o filme MATILDA e amei. É lindo demaaaiiis!

    Te indiquei numa tag lá no blog. Link abaixo:
    http://coisasdediane.blogspot.com.br/2016/07/tag-livros-para-se-apaixonar.html

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem? Gente, que postagem bacana! Adorei as dicas de livros e fiquei com vontade de ler vários, principalmente "Fuga da biblioteca do..." e "O livro secreto".

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  17. Dessa lista eu só li A Bibliotecaria pro indicação, mas confesso que não gostei muito :( Me decepcionei com a leitura, me lembrou muito 50 tons, só que pior
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ah, que post legal.
    De inicio achei que vocês iam falar da biblioteca e não da temática na literatura. Achei bem interessante o post =)

    Blog.
    Facebook.

    ResponderExcluir
  19. Olá, Carla!
    Adoro biblioteca, assim como a maioria dos leitores né (rs.)?! Uma Pena que estão tão escassas, a não ser pelas bibliotecas pessoais.

    Quero ler Fuga da biblioteca do Sr. Lemoncello e adoro Matilda.

    Bjão.

    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com
    Instagram: @vidaeletras

    ResponderExcluir
  20. Aaaaah eu amo uma boa biblioteca! Cresci como leitora frequentando elas!!!! E sim morro de vontade de ler Matilda, o filme dela é um dos meus favoritos da vida e dos que você citou o único que tenho é S!


    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  21. Que lista legal! Fiquei com vontade de ler A Biblioteca de Auschwitz e Matilda (nem sabia que era livro!)

    Beijos!
    Vestindo o Tédio

    ResponderExcluir
  22. Oi, Carla! Tudo bem?

    Gostei do post! Inspirador! :)
    Dos livos citados, quero muito ler AA bibliotecária de Auschwitz!

    Beijos,
    Danny
    http://www.irmaoslivreiros.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo