Resenha: Não Fale com Estranhos - Harlan Coben

Sinopse: O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis. Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira? Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos. Intrigante e perturbador, Não Fale Com Estranhos é mais que um suspense de tirar o fôlego. É uma reflexão sobre o bem e o mal, o amor e o ódio, o certo e o errado, os segredos, as mentiras e suas consequências devastadoras.

Uma abordagem simples. Um tranquilo "Olá!" e na sequência a fala que decidiria a vida daquelas pessoas para o bem ou para o caos. 

Por que um estranho, sem ligação nenhuma com aquelas pessoas, causaria tamanha revolução em suas vidas? Não era amigo, parente, colega, conselheiro, vizinho, nem ao menos um conhecido. Era um completo e total estranho. Este, que às vezes sentia uma dó em seu coração, contudo, alegava que aquilo era trabalho, e trabalho era pra ser feito. E ele salvaria vidas, causaria novos rumos ou não. Como ele mesmo dizia:

"Nunca havia como saber a reação das pessoas antes de se retirar o pino da granada, certo?"

E o mais impressionante é que ele era confiável. Dificulta não conversar com um estranho que passa segurança, não? O que ele fazia? Revelava segredos. Não segredinhos normais como todos nós temos, por exemplo, o jeito certo de colocar o travesseiro pra dormir, a hora que gosta de olhar para as estrelas, o jeito certo de pentear o cabelo.... São segredos guardados a sete chaves, a sete palmos. Segredos que mudam não só a vida de quem fez a ação mas de todos os envolvidos e daqueles que estão em seu círculo de contatos. Ou seja, a revelação é de segredos caóticos e íntimos.

Adam Price recebeu a visita desse sujeito estranho. Assim como Heidi Dann e Michaela Siegel. Vidas viradas de cabeça para baixo. Bem, quase todas. Alguns na verdade se dão tão bem com seus segredos que nem ligam para suas consequências. Você se incomodaria?! Adam Price, pai de dois garotos adolescentes, marido de Corinne, advogado de um bom escritório, com estrutura financeira e familiar agradáveis. Ou seja, capaz de ter conforto e qualidade de vida. Infelizmente, no fatídico dia em que substituiu sua esposa em uma reunião de pais para escolher os alunos, inclusive seu filho Ryan, para o time de Lacrosse da Cedarfield High School, obteve a informação que abalaria todas as suas seguranças conquistadas.

Aí, a gente para (eu também) e se pergunta: Para que dar importância ao que um estranho lhe diz? Adam fez a si mesmo essa pergunta, e sua intuição lhe responde da seguinte maneira: " ... as palavras do estranho soavam verdadeiras e esse era o problema." Bem, o tal sujeito transmite confiança não é mesmo?! A notícia o perturbou muito pois envolvia a sua esposa Corinne. E após muito refletir e conseguir um momento para abordar sua esposa sobre a questão, a resposta lhe causa muito mais curiosidade: Corinne simplesmente some.

O que Adam não sabe é que a explicação não é tão simples e nem mesmo complicada. É bem pior. E foi Heidi Dann a primeira a descobrir as complicações de saber sobre uma trama envolvida em chantagens, mais mentiras e até mesmo crimes. E contanto com a ajuda de um cliente, o velho Rinsky, herói de guerra, que ele encontra Suzanne Hope. E entre nomes, fatos sem explicações certas e mais dúvidas que surgiam em sua  mente, Adam consegue manter a calma.

O autor neste ponto nos apresenta uma personagem marcante e interessante: Adam Price. Um homem bastante reflexivo mas não há ponto de ficar somente na filosofia barata e que traz a nós leitores pensamentos comuns, ordinários até mas que nos fazem repensar nosso próprio comportamento e visão do mundo. Harlan Coben escreve de maneira simples, com diálogos mais que comuns mas consegue colocar nas palavras um imã, que as deixam interessantes e saborosas de ler.

Sim, e Adam? Bem, Suzanne será a primeira a lhe dizer algo sobre o tal sujeito estranho.

" - Ah, meus Deus ....- Suzanne  Hope finalmente abriu a porta e olhou para ele, angustiada. - Ele também procurou você."

Acontece que se a história ficasse somente nesse sujeito estranho (cansei de repetir isso, cadê o nome dessa cara?!), as coisas ficariam fáceis para nós leitores. Mas não, pelo jeito, Coben não deixa nada tão fácil para nós. Essa história é bem intrincada e repleta de conexões inimagináveis. Após certo momento, cada capítulo tem uma nova vítima desse assédio de segredos e mentiras, há um novo desenrolar com personagens diversos mas todos, todos interligados. E para casos assim, nada como contar com a ajuda de um bom e velho investigador.

Caro leitor, você fará parte de uma busca pela verdade, dentro de um incrível e perfeito quebra cabeça. A leitura nos torna mais vivos do que nunca. E ficará dividido entre optar pelo vilão ou pelo mocinho. Mas quem vai decidir entre qual lado ficar é somente você, meu caro leitor. Verdade ou  mentira? Verdade ou consequências?

Leia e decida de qual lado ficará e envolva-se! E lembre-se: não fale com estranhos. Pode ser agradável, mas na maioria das vezes eles trazem grandes problemas.

P.S. Qual lado eu escolhi? Se eu contar estrago a surpresa.
Boa leitura!
Beijos =*


* Livro cedido pela editora.

10 comentários:

  1. Uau! Não sei nem o que dizer além de: JÁ QUERO!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  2. Oi Renata!
    Todo mundo elogia tanto o Harlan Coben e eu nunca li nada dele, acredita?
    Deve ser o tipo de leitura obrigatória, né? Vou colocar na lista!
    Sendo da Arqueiro me anima ainda mais, adoro a editora!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi! Pelo visto este é o livro do Harlan com o enredo mais complexo e olha que eu achei que ele não me surpreenderia mais. Vou ler esta semana e estou com expectativas elevadas.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Renatinha!
    Nunca li nada do Harlen acredita?
    Bom saber que sua opiniao oi positiva - e que lado escolheu afinal??
    rsrs
    que bacana ,deve ser super legal quando voce pensa que e uma coisa surgem novas investigações que provam que esta errado HEHEHEH
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Renata!

    Uma amiga minha leu e amou, ficou apaixonada pelo autor!! Quero muito conferir e descobrir como é!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi
    parece ser um livro legal, ando lendo bastante comentários positivos dele e que bom que gostou da leitura, parece ser um livro que deixa o leitor bem curioso, o homem misterioso realmente não têm nome?

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Renata!
    Eu nunca li nada do Corben e estou achando que vou começar por esse. Só vejo resenhas positivas sobre essa história.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  8. Olá, Renata.
    O Harlan é maravilhoso e esse livro veio mais uma vez provar que ele é o mestre do suspense e das noites em claro. Não tem como parar de ler depois que a gente começa a ler. É bom não falar com estranhos mesmo, a gente nunca sabe o que eles vão revelar hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi, Renata! Até hoje li três livros do Harlan Coben e, infelizmente, dois deles me decepcionaram um tanto (principalmente o Seis Anos Depois, último livro que li dele). Por conta disso, acabei me desanimando com as obras do autor. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Renata
    Estou com esse livro do Harlan aqui do meu lado e vou começar a leitura dele em breve!! *-* Adoro os livros dele e esse com certeza deve ser ótimo!!
    Adorei a sua resenha
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo