Resenha: Romance com o Duque (Castles Ever After #1) - Tessa Dare

Sinopse: Izzy sempre sonhou em viver um conto de fadas. Mas, por ora, ela teria que se contentar com aquela história dramática. A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai. Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida. Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa. Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque.

Em Romance com o DuqueTessa Dare conta a história de Isolde Ophelia Goodnight, a Izzy. A jovem perdeu a mãe ainda cedo, mas isso não fez com que ela se tornasse uma pessoa amarga, pelo contrário. Izzy cresceu cheia de sonhos, acreditando que contos de fadas podem se tornar reais e desejando viver um grande romance.  

O sustento da casa vinha do sucesso literário de seu pai, os Contos de Goodnight, famosos por toda a Inglaterra. Mas há um ano Henry Goodnight morreu, deixando todos os seus bens para o herdeiro homem mais próximo, um primo de Izzy que odiava a moça. Aos vinte e seis anos, a jovem se viu sem dinheiro, sem amigos, sem comida, sem sonhos e sem nunca ter sido sequer cortejada por um homem.

Tudo muda quando Izzy recebe a notícia de que herdou um castelo do padrinho rico que ela mal conhecia. Mas as coisas não são assim tão fáceis... Além de estar em ruínas, o castelo já tem um morador, que afirma ser seu verdadeiro dono, o Duque Ransom. Seu rosto apresenta uma grande cicatriz, resultado de um golpe que fez também com que perdesse quase totalmente a visão. Ranzinza e muito mal humorado, Ramsom só tem uma certeza: o castelo é seu e Izzy precisa ir embora.

Enquanto não resolvem o impasse, os dois vivem juntos no castelo e passam a se dedicar a descobrir quem foi o responsável pela venda do lugar. Nos momentos em que não está debruçada sobre pilhas de correspondências acumuladas, Izzy tenta transformar a propriedade sombria em um lar. A convivência aproxima os dois e uma forte atração vai surgindo. Ransom, o Duque libertino e conquistador, passa a desejar a mulher irritante e de cabelos rebeldes. Izzy, retratada como uma doce menina nas histórias de seu pai, começa a sentir vontades que nem sabia que existiam em relação àquele homem forte e bruto.

Sem contar os livros clássicos, verdadeiramente escritos em séculos anteriores, esse é o primeiro romance histórico que leio. Confesso que a descrição detalhada de cenas quentes, típicas de muitos livros do gênero, me incomodam um pouco. Eu sempre leio tais trechos com a sensação de que são desnecessários e que pouco acrescentam à trama. Mas a autora soube dosar e encaixar esses momentos na história, então isso não atrapalhou a leitura, que foi bastante agradável. 

Tessa criou uma mocinha que tem lá suas inseguranças quanto à aparência, mas que ao mesmo tempo é determinada, luta pelo que quer e não tem medo de desafiar o Duque. Ransom, por sua vez, é o cara durão, que vive isolado e não quer saber de romance, mas acaba sendo fisgado. Clichê? Talvez, mas ele tem razões para ser assim e que só serão reveladas mais para o final. Izzy também guarda um grande segredo que eu nem desconfiava, a autora conseguiu mantê-lo ao longo de toda a história. 

Apesar do título, não espere uma história romântica melosa, mas esteja preparado para suspirar em alguns momentos. Afinal, amor não se demonstra só com declarações explícitas, mas também com pequenas atitudes, certos cuidados e, em se tratando de um Duque, de grandes e surpreendentes gestos. 

Ao contrário de outros romances de época, nesse não encontramos grandes bailes, vestidos deslumbrantes e pessoas perfeitas. A história toda se passa em um castelo caindo aos pedaços, com ratos e morcegos, mas que pouco a pouco ganha um novo sopro de vida, tal qual acontece com os protagonistas.

O livro tem pitadas de drama devido ao passado de cada personagem e ainda momentos divertidos causados pelos constantes embates entre os dois. Essa mistura resultou em uma história muito gostosa de ser lida. 


*Exemplar cedido pela editora.

17 comentários:

  1. Adorei a resenha, fiquei curiosa para ler o livro, gosto muito de romances de época com mocinhas determinadas e ao mesmo tempo humanas. Acho que irei gostar da leitura.

    www.eucurtoliteratura.com

    ResponderExcluir
  2. Olá,Carla.
    Como amo romances de época, esse já entrou para a minha lista. Já li uma história parecida as uns tempos atras onde os protagonistas tinham que dividir uma casa. Acho que vou gostar desse. Eu não me incomodo com as cenas mais quentes, até porque são bem diferentes da dos livros eróticos hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi Carla!

    Eu adoro a Tessa Dare! Já li outras séries dela e adorei. De fato, apesar de clichês, ela consegue trabalhar bem as tramas dos romances dela. Quero muito ler este logo!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Mais uma vez eu fico morrendo de vontade de ler esse livro!!!! Necessito de um dia com mais de 24 hrs hahaha

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla!
    Eu adoro romances históricos, e esse parece ser diferente dos que eu já li... Quero ler ele também!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Carla! Eu sou viciada nesses romances e li um outro da autora que é muito legal. Quero conferir esta série em breve.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla,
    Eu tenho um livro da Tessa aqui em casa, não é esse, mas minha mãe adorou e já queremos comprar esse também.
    Eu tenho uma quedinha por duques e condes, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Indiquei o seu blog em uma tag lá no meu blog. Dá uma passadinha lá pra ver :)

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  9. Que bom saber que a história não é melosa! Essa obra já tava na minha lista de desejados há um tempinho e você só me deixou mais ansiosa pra ler com a resenha! Saudades de romance de época <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi
    eu gostei muito desse livro e que bom que gostou, a história é envolvente e rápido de se ler. super indico um romance de época que não tem cenas de sexo chamado a indomável sofia, ele é muito bom.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Acho que eu não li um livro nesse estilo. Parece bem legal a história. Parece ser aquele tipo de história que te prende.

    Beijos.
    www.chadefirulas.com.br

    ResponderExcluir
  12. Amei a sua resenha <3 Gostei bastante desse livro, e a cada que leio da Tessa, me surpreendo cada vez mais :)
    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Sempre que posso gosto de ler um bom romance de época. Diferente de você eu sempre li os que foram escritos agora e não de fato no tempo em questão. Por conta disto alguns sempre abusam dos clichês mais tem um ou outro que se salva e consegue fisgar a gente.
    Gostei da resenha, não conhecia ainda o livro.
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Carla, que resenha mais linda! Eu também adorei o livro e até esse castelo caindo aos pedaços e cheio de ratos. Amei os personagens totalmente imperfeitos. Sua resenha está linda, amei. Que bom que também adorou o livro. Quero muito continuar lendo a série.

    ResponderExcluir
  15. Fiquei curiosa, com o sinopse nem tanto mas a sua resenha me cativou, sério!! Eu sou apaixonada por essas literaturas que envolvem romance, drama em tempos antigos, uma autora por exeplo que sou viciada e a Lucina Riley e esse vai entrar para a minha lista de desejos.
    Bjs

    http://caprichadissimas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Carla,
    Ainda não li nenhum dos históricos da Tessa, mas tenho vontade.
    Mas fiquei super irritada aqui com o fato da menina não ter herdado nada do pai, credo. Essas partes no castelo, devem compensar a irritação, espero eu hahaha

    tenha um ótimo final de semana ♥
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo