Resenha: A Garota do Lago - Charlie Donlea

Sinopse: Summit Lake, uma pequena cidade entre montanhas, é esse tipo de lugar, bucólico e com encantadoras casas dispostas à beira de um longo trecho de água intocada. Duas semanas atrás, a estudante de direito Becca Eckersley foi brutalmente assassinada em uma dessas casas. Filha de um poderoso advogado, Becca estava no auge de sua vida. Atraída instintivamente pela notícia, a repórter Kelsey Castle vai até a cidade para investigar o caso. E LOGO SE ESTABELECE UMA CONEXÃO ÍNTIMA QUANDO UM VIVO CAMINHA NAS MESMAS PEGADAS DOS MORTOS.E enquanto descobre sobre as amizades de Becca, sua vida amorosa e os segredos que ela guardava, a repórter fica cada vez mais convencida de que a verdade sobre o que aconteceu com Becca pode ser a chave para superar as marcas sombrias de seu próprio passado.

A primeira coisa que me chamou a atenção para esse livro foi a capa, que me remeteu imediatamente à icônica série Twin Peaks, de David Lynch, na qual a jovem Laura Palmer é encontrada morta.

Adoro a série e gostei da referência. Ao ler a sinopse, meu interesse só aumentou. É o tipo de trama que me atrai de imediato. 

Então vamos ao conteúdo! A história se divide em duas perspectivas. Os capítulos se intercalam entre o que aconteceu com a jovem Becca nos meses que antecederam sua trágica morte (até chegar ao fatídico acontecimento) e como a repórter Kelsey investiga o crime para chegar à verdade.

Preferi os capítulos sobre a investigação, pois prenderam mais minha atenção. E achei bacana o recurso do autor de alternar as formas de abordagem dos fatos.
Li algumas resenhas que consideraram o livro previsível, contudo não foi o meu caso. Talvez meu faro para crimes não esteja tão apurado quanto eu gostaria, pois fui surpreendida pela resposta da pergunta clássica que o enredo levanta: quem matou Becca?

Mas mesmo não tendo esperado o desfecho e considerando a narrativa muito eficaz em prender a minha atenção, fui deixada com a sensação incômoda de que faltou alguma coisa. É até algo um pouco intangível e difícil de explicar para quem não leu. 

O livro entretém e mantém a atmosfera de suspense, porém o autor não se aprofunda em questões secundárias que introduz à história. 

Ele traz a informação de que Kelsey sofreu um trauma e não desenvolve o assunto. Deixa dúvidas sobre a verdadeira personalidade de Becca e seus relacionamentos passados e também não as esclarece. Enfatiza os esforços de acobertamento da investigação criminal e não expõe motivos verossímeis para tanto.   

Tais fatores não prejudicam a história ao serem relegados ao segundo plano, mas poderiam enriquecer muito a experiência literária que A Garota do Lago proporciona.

8 comentários:

  1. Oi
    eu tenho curiosidade com esse livro, já li resenhas negativas e positivas, mas mesmo assim o enredo chama a minha atenção, que bom que curtiu a leitura desse livro mesmo que não desenvolva alguns assuntos.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Eu também vi que as resenhas são bem divididas... Acho que apesar das falhas, você vai gostar, sim, se tiver oportunidade de ler! Quero ler outros livros do autor. Beijos!

      Excluir
  2. Olá Nathalia,

    Eu gostei desse livro e os demais do autor, concordo com as suas ressalvas, mas até o momento todos os livros dele me agradaram...bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Nathalia! Tudo bem?
    Já tinha visto alguns comentários a respeito desse livro, mas nada que aprofundassem na história. Parece ser uma trama bem legal, apesar de alguns acharem previsível. Não sei se meu faro seria tão bom quanto o da galera kkk
    Uma pena que o autor não desenvolveu mais as questões secundárias que ele colocou, parece até que inseriu pra encher linguiça. Isso desanima um pouco.
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  4. Oi! Este foi o primeiro livro do autor que li e desde então tenho conferido todas as obras dele lançadas aqui. Eu curti a história e os próximos livros são ainda melhores. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. nossa, a capa realmente lembra Twin Peaks (que eu tbm adoro!) e to querendo pegar algo mais nessa pegada de suspense pra ler... pena que deixou essa sensação de que faltou algo..

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nath

    Que pena que ficou essa sensação de que ficou faltando alguma coisa. Eu ainda não li nada do autor, mas tenho um livro dele aqui. Eu gosto dessa alternância de abordagem da narrativa, por isso, mesmo com sua pequena ressalva, ainda quero ler! *-*

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nath!
    Já aconteceu comigo também; de ler algo e achar que faltou algo. Não é uma sensação muito boa pois influencia muito no nosso aval pós-leitura
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe seu comentário, sua opinião é super importante para nós.

© Entre Aspas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo